domingo, 20 de março de 2011

Espaguete Integral com Cogumelos Ligth

Olá meninas, nesse calorzão dá vontade de comer só saladinhas, não é ?? Mas para variar um pouco eu busquei um prato com carboidratos numa versão ligth, para que possamos comer sem culpa ... eu fiz, comi e aprovei !!!!

Para quem nunca experimentou macarrão integral, esta receita é um bom começo. Os cogumelos 
temperados com shoyu combinam harmonicamente com o sabor acentuado do espaguete integral.




Ingredientes

100 g de macarrão integral 
200 g de shimeji 
2 colheres (sopa) de cebolinha picada
1 colher (sopa) de shoyu (molho de soja)
1 colher (sopa) de margarina light
papel-manteiga 


Modo de Preparo

1. Leve uma panela com 2 litros de água ao fogo alto. 

2. Preaqueça o forno a 180
ºC (temperatura média). 

3. Lave os cogumelos sob água corrente. Reserve. 

4. Separe uma folha de papel-manteiga do tamanho de uma folha de papel sulfite. No centro da folha de papel-manteiga, disponha os cogumelos, a cebolinha picada e o shoyu. Dobre o papel, fazendo um envelope e aperte bem todas as pontas para que o molho não vase. Leve ao forno por 20 minutos. 

5. Quando a água da panela ferver, coloque o macarrão e deixe cozinhar até o ponto al dente, ou seja, a massa deve ficar um pouco durinha. Transfira para um escorredor e passe sob água fria.

6. Retire os cogumelos do forno, coloque-os numa tigela e acrescente a margarina. Misture bem.

7. Numa travessa, coloque o macarrão e regue com o molho. Sirva imediatamente.


Por porção: 106 calorias


Enjoy :)

Beijos mil ...
Josie Rumualdo.

terça-feira, 15 de março de 2011

Gravidez e estrias II


Dando continuidade ao post sobre estrias na gravidez, dei uma pesquisada no que há de novidade no mercado e o que as gestantes estão usando.

Eu usei o hidratante Gerare, receitado pelo meu obstetra e gostei muito. Mas lembrem-se: ter ou não estrias depende da pele, da genética entre outras coisinhas, os hidratantes tem papel importante, mas não é a solução para isso.


Gerare (organon), tem uma fragrância suave (o que pra mim foi muito bom, porque enjoei muito), não era oleoso, portanto não manchava a roupa. Possui pepitas de girassol e gel 100% canola. R$50,53



Materskin (biolab), formulado com óleo de amêndoas doces, óleo de macadâmia e óleo de calêndula, além de uma combinação de silicones, tornando a aplicação fácil e de rápida absorção. R$64,99



Luciara (Bayer), esse hidratante não possui perfume, conservantes, lanolina, álcool, entre outras substâncias e, por isso, não causa alergia ou enjôos. R$66,99



Hidramamy (mantecorp), possui em sua formulação polipeptídeos botânicos e silício orgânico hidroxiprolina que estimula a formação de colágeno e elastina, é hipoalergênico. R$49,99



Maternité (Payot), em sua formulação é encontrada proteínas e aminoácidos do leite e óleo de amêndoas. R$57,90


Mustela Linha 9 meses (Expanscience), novidade no mercado brasileiro, especialmente desenvolvido para acompanhar a pele da gestante durante a gravidez e após o parto. Quem estiver viajando para os EUA pode encontrar toda a linha na BuyBuy Baby e aqui no Brasil vocês encontram neste site: http://www.nutravita.com.br/loja/product.asp? store=103664&template_id=6&partner_id=&dept_id=10702&pf_id=6035&nome=Estrias+Dupla+A%E7%E3o+-+Mustela+150+ml
 R$141,90

Beijos mil ...
Dra Josie Rumualdo.


quinta-feira, 10 de março de 2011

Gravidez e estrias



Se tem algo na minha profissão que me dá muito prazer, é trabalhar com as gravidinhas ... elas chegam cheias de expectativas, dúvidas, felizes da vida com sua barriguinha ou barrigão ... é um momento mágico.

Depois do nascimento do bebê elas somem ... hahaha ... porque será ??? Como mãe, sei muito bem o porque.

Passado alguns meses, elas voltam pra mim, rsrs*** ... Pedindo ajuda para melhorar as estrias, celulite, melasmas e outras coisinhas que aquele barrigão lindo deixou !!!

Então, esse post será para esclarecer um pouquinho a respeito de estrias e aos poucos vou postando outros assuntos relacionados às lindas mamães !!!

Alterações na pele durante a gravidez são muito comuns e as estrias podem surgir principalmente na barriga, por razões óbvias, mas podem aparecer também nos seios  (o que é bem comum também durante a adolescência) e em outras partes do corpo (principalmente se a pessoa engorda muito em um curto período de tempo).

As estrias são lesões causadas pela degeneração das fibras elásticas da pele que ocorrem por sua distensão exagerada ou devido a alterações hormonais. É como se o elástico da pele esticasse ao ser puxada muito forte.

Como evitar?

O surgimento das estrias depende de uma tendência pessoal. Algumas pessoas as desenvolvem mesmo com pouca distensão da pele e outras não desenvolvem estrias nem na gravidez, quando a distensão da pele é muito grande, portanto a genética é um fator muito importante, se a sua mãe tem estrias provavelmente você também não vai escapar.

De acordo com o site dermatologia.net recomenda-se a hidratação intensa da pele com cremes e loções hidratantes para tentar evitá-las, principalmente em pessoas com histórico familiar de estrias. Deve-se beber pelo menos 8 copos grandes de água por dia (2 litros) e evitar engordar demais e rapidamente, eliminando doces e gorduras da dieta e praticando exercícios físicos regularmente.



Como tratar?

As estrias são lesões irreversíveis e portanto não existe um tratamento que faça a pele voltar ao que era antes. Os tratamentos visam melhorar o aspecto das lesões, estimulando a formação de tecido colágeno subjacente e tornando-as mais semelhantes à pele ao redor.

Até o parto e durante o período de amamentação o que os médicos costumam indicar, conforme o estudo sobre dermatoses na gestação são cremes hidratantes ou de algas marinhas com uréia a 5% e éster de vitamina C 0,05 a 1% para massagens diárias nos locais mais freqüentemente acometidos. Emolientes calmantes como a calamina podem também ser indicados se há coceira na região.

Depois desse período várias técnicas podem ser empregadas, entre elas:

Tratamento com ácidos: alguns tipos de ácidos, especialmente o ácido retinóico, estimulam a formação de tecido colágeno, melhorando o aspecto das estrias. Pode haver descamação e vermelhidão e a concentração ideal para cada caso deve ser definida pelo dermatologista, de acordo com o tipo de pele. Deve ser evitada a exposição solar. A tretinoina, ou acido retinóico também tem boa ação em cicatrizes causadas pela acne .

Peelings: os peelings tem a mesma ação dos ácidos, no entanto, de uma forma mais acelerada e intensa, geralmente levando a um melhor resultado. Também deve ser evitada a exposição solar.

Subcisão (subcision): esta técnica consiste na introdução de uma agulha grossa, com ponta cortante, ao longo e por baixo da estria, com movimentos de ida e volta. O trauma causado leva à formação de tecido colágeno no local, que preenche a área onde o tecido estava degenerado. Provoca equimose (mancha roxa), que faz parte do tratamento, pois a reorganização do sangue também dá origem à formação de colágeno.

Dermoabrasão: o lixamento das estrias provoca reação semelhante à dos peelings, com formação de colágeno mas com a vantagem de regularizar a superfície da pele, que ganha mais uniformidade, ficando mais semelhante à pele ao redor. Segundo o site da dermatologista Denise Steiner  a dermoabrasão também constitui técnica válida, promovendo estímulo para a reorganização dos tecidos da estria. Deve ser feita muito suavemente, sem provocar sangramento, com lixa de diamante, a intervalos semanais. Geralmente é associada a intradermoterapia.

Intradermoterapia: consiste na injeção ao longo e sob as estrias de substâncias que provocam uma reação do organismo estimulando também a formação de colágeno nas áreas onde as fibras se degeneraram. Além disso, a própria passagem da agulha provoca uma discreta subcisão. Também não encontrei nenhum estudo que avaliasse essa técnica cientificamente no tratamento das estrias.

Laser: a aplicação do laser provoca o fechamento dos pequenos vasos nas estrias avermelhadas e promove a formação de novo colágeno, com diminuição do tamanho das estrias recentes ou antigas.

Luz Intensa Pulsada (IPL): é uma luz diferente do laser emitida por um aparelho de banda larga. A sua eficácia é conhecida para o tratamento contra o envelhecimento na promoção de colágeno e ordenamento das fibras elásticas. Um estudo de 2002 feito por um grupo de El Salvador com 20 mulheres comprovou boa eficácia do procedimento no tratamento das estrias após 5 sessões quinzenais de tratamento.

Estes são procedimentos médicos e apenas os médicos devem realizá-los, indicando o que for melhor de acordo com cada caso. Os melhores resultados costumam aparecer com a associação de mais de um método.


Beijos mil ...
Dra. Josie Rumualdo.

sábado, 5 de março de 2011

Azul céu ... azul mar ... azul !!!!

Tenho pensado em reformar a minha sala de atendimento, e embora seja apaixonada pelo rosa, acho que ficou uma cor meio que "todas as pessoas do sexo feminino ADORA", e como eu detesto ser mais uma na multidão, peguei um pouco de asco pela cor.

Nos últimos meses tenho olhado para o azul com um certo "amor" ... rsrs *** e decidi usá-lo em minha sala.

Como é complicado escolher o tom ... fucei alguns milhares de sites e me decidi por um tom de azul bem clarinho e sutil ... e num papel de parede floral, mais ou menos assim:











Espero que minhas pacientes gostem, pois pensei na calma e tranqüilidade que o azul passa para as pessoas, quero que elas sintam-se relaxadas para aproveitar esse tempinho que passam comigo.

Beijos mil ....
Josie Rumualdo.