segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Boca Vermelha






People ...
Esse mês vamos comemorar o DIA INTENACIONAL DA MULHER e fuçando umas revistas de moda e alguns sites, vi que o hit desse inverno será a boca vermelha ... nada mais FEMININO E MULHER que uma boca com batom vermelho, não acham ??? A-D-O-R-O !!!

E nada mais sensual e gostoso do que a boca da Angelina Jolie ... rsrs ****

Meus favoritos do mundo são o Russian Red e o Ruby Woo da M.A.C ... são super vibrantes e foscos como eu gosto.

J.

terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Melasma - Manchas na pele

São várias as origem de manchas na pele: melasma pós gravidez, de cicatrizes de acne, de picadas de inseto, machucados, sardas por excesso de sol. Tudo isso pode manchar a pele.
As manchas ocorrem porque a pele depois que é agredida (seja pelo sol, seja por algum tipo de machucado) reponde produzindo mais melanina com o objetivo de ficar mais resistente. Alguma dessas alterações saem sozinhas com o tempo, mas muitas vezes, especialmente quando a agreção é crônica a mancha fica lá e não sai mais.

Sabendo dessa queixa comum, a indústria cosmética está sempre buscando ingredientes que possam amenizar as manchas e clarear a pele. Mas infelizmente não existe um clareador perfeito. Ou seja, um produto que seja ao mesmo tempo eficiente e seguro e não traga efeitos colaterais.
O ingrediente mais usado contra manchas é a hidroquinona. Ela ainda é considerada o agente mais eficiente e por ser o mais antigo, os novos clareadores são sempre comparados a ela nos estudos. A fórmula que associa a hidroquinona com o ácido retinóico e corticóide com efeito anti-inflamatório, presente em medicamentos (lembrem-se, medicamentos tem efeitos colaterais e precisam de prescrição médica!) como o tri-luma, ainda é a que mais clareia a pele, segundo os estudos mais recentes. Devido aos seus efeitos colaterais e os potenciais riscos a longo prazo o uso da hidroquinona em cosméticos foi proibido em diversos países (especialmente na Europa e na Asia) e isso aumentou ainda mais a procura por novos ingredientes.

Mequinol
O mequinol, é um desses substitutos. No Brasil é vendido em concentração de 10% como medicamento. Nos EUA a concentração máxima do produto vendido com receita médica é de 2% associado ao ácido retinóico a 0,01% e vitamina C.  Não se sabe exatamente como o ingrediente funciona mas aparentemente ele bloqueia uma enzima que estimula a produção de melanina na pele. Ele não faz os mesmos danos ao melanócito que a hidroquinona, ou seja, não teria efeito cancerígeno, mas a efetividade apresentada nos estudos em termos de clareamento da pele é menor. O principal problema apontado nos estudos em relação ao mequinol é que especialmente em peles mais escuras tem ocorrido re-pigmentação da pele após a suspensão do uso do medicamento. Assim, como a hidroquinona o mequinol é fotosensível e deve ser usado com proteção solar intensa para evitar que a pele fique ainda mais manchada com o seu uso.

Retinóides
Os derivados da vitamina A também podem ser usados isoladamente para clarear a pele, mas em geral seu efeito é mais como potencializador de outros despigmentantes sendo usado isoladamente apenas nos casos bem leves. Aumentar o consumo de vitamina A na dieta, porém, é uma estratégia interessante que deixa a pele mais resistente aos danos provocados pela exposição solar de maneira preventiva.

Ácido Azeláico
O ácido azeláico a 15%, é o terceiro medicamento despigmentante e comumente indicado no tratamento da Rosácea.  Eu uso e estou gostando bastante do resultado. Ele atua especialmente na síntese  de DNA dos melanócitos defeituosos então também tem o efeito de previnir a progressão de células cancerígenas. Em contrapartida o seu efeito despigmentante é menor se comparado a hidroquinona ou ao mequinol.

Arbutin
O arbutin é considerado o despigmentante cosmético (ou seja, pode ser vendido no balcão das farmácias sem receita médica) mais eficiente atualmente disponível. Ele é muito usado no Japão em concentração a 3%. É chamada da hidroquinna natural, por ser proveniente de alguns vegetais. As pesquisas indicam que o Arbutin não danifica os melanócitos, sendo seu uso considerado seguro. As concentrações mais altas parecem ser mais eficientes mas muitas vezes trazem pigmentação rebote quando a pele fica muito irritada. No Brasil alguns produtos contém Arbutin como o Dermatus Skin Plus Fluido Clareador e oKlassis (que contém também ácido glicólico e ácido kójico e é o produto que eu mais gosto para quem quer usar um clareador durante o dia).




Ácido Kòjico
É outro despigmentante bastante usado no Oriente. Assim como os outros é mais seguro mas porém menor eficiente do que a hidroquinona. A vantagem é que pode ser usado também durante o dia.
Outros ingredientes como a vitamina C, o Aleosin, a soja, a N-acetyl glucosamine e o extrato de licorice são outros agentes que vem sendo utilizados e testados pela indústria cosmética como despigmentantes mas os efeitos ainda são modestos e em geral, esses ingredientes são usados de maneira associada para aumentar um pouco a sua eficácia.



Além de tudo, é sempre bom lembrar que mesmo o produto mais eficiente tem seu efeito bastante lento. São necessários em geral meses e persistência e disciplina (sem falar em dim dim, já que os despigmentantes tendem a ser bem caros) para ver algum resultado.
Portanto nunca é demais falar que a prevenção, evitando ao máximo expor a pele ao sol e aos mosquitos e também não espremer as espinhas é de longe a melhor estratégia para evitar as indesejadas manchas escuras.


Beijos mil ...
Dra. Josie Rumualdo



Fonte: Bulle de Beauté

sábado, 5 de fevereiro de 2011

Cortinas - o tamanho certo

Olá meninas ...

Resolvi trocar as cortinas da minha sala ... fui alegre e saltitante para a loja escolher o modelo, já tinha algo em mente, mas chegando na loja .... ai ai ai ... eram tantos modelos, cores, tamanho, tipo de tecido, fiquei perdidinha.

Depois de algum tempo, consegui escolher o tecido e o modelo, foi quando a vendedora me perguntou da metragem ... passei para ela aquilo que eu havia medido ... hahahaha ... ela começou a me fazer uma batelada de perguntas e eu não soube responder quase nada ... conclusão ??? Voltei pra casa medir tudo de novooo !!!

É por isso que eu resolvi colocar esse post, pois eu encontrei na internet e me ajudou muito a tirar as novas medidas da minha cortina.



Cortina: como saber o tamanho certo para minha janela?


Assim que você já tiver escolhido o estilo dos tecidos e ferragens que pretende usar, você está pronta para começar a medir a sua janela!

§  Vara
- Meça a largura da sua janela, levando em conta se você gostaria de um suporte de parede (A) ou montar um trilho (B).
- Deixar uma folga de 2.5 a 7.5cm de cada lado da janela para quando as cortinas estiverem totalmente abertas.
- Certifique-se de ter considerado o espaço necessário de parede extra para detalhes decorativos (como as dimensões da vara).
- Se você quer pouca luz entrando, monte a vara da cortina 15cm acima da área do trilho e opte por uma vara mais larga, que ultrapasse 7.5cm da largura real da janela.
§  Cortinas
- Meça o comprimento da sua janela, decida se você quer a cortina caindo acima do parapeito (medida de A ou de B para C), abaixo do parapeito (de A ou de B para D) ou para o chão (de A ou B para E). Se você gosta de cortinas mais longas, encostando no chão, adicione de 15 a 20cm na medida da altura.
- Para determinar quantas “dobras” você precisa para alcançar o volume desejado, ou seja, quão esticada sua cortina vai ficar, você precisa saber qual a largura da sua janela. Com a largura da janela em mãos: multiplique por 1  para um efeito leve, esticado; 1.5  para manter o padrão; ou 3 para um efeito cheio. Por exemplo, se você gosta de cortinas volumosas, e sua janela tem 170cm de largura, você vai precisar de 533cm de largura do tecido (177 x 3).
Planilha:
Anote as medidas e na sua planilha!


Beijos mil ...
Josie Rumualdo