quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Pontinhos indesejáveis - Cravo !



Olá meninas ...
Vamos falar de algo que incomoda à todos, uma coisinha preta que insiste em aparecer no rosto, pescoço, costas ....

Eita coisinha chata e teimosa, muitas vezes uma pessoa inicia seu tratamento para acne e tudo caminha bem, acaba com as espinhas, com a inflamação, com a vermelhidão.Mas uma coisa ainda continua lá: os pontinhos pretos - os cravos, eles são os mais difíceis de sumirem.

Mas afinal o que são os cravos ??

Os cravos são feios, mas são inofensivos. Eles nada mais são do que sebo e células mortas oxidados. Hã? É o seguinte: a nossa pele produz óleo, quando a quantidade dele é normal, o óleo sobe até a superfície do poro e forma uma camada invisível de proteção na superfície da pele. Quando uma quantidade acima do normal de óleo é produzida (seja por causa genética, seja hormonal) e se une as células da pele forma-se uma mistura que fica retida dentro do poro. Essa mistura fica acima da superfície da pele, e acaba não sendo coberta por ela. Com isso, a parte que fica exposta ao ar se oxida e fica preta (é o mesmo fenômeno que ocorre com a parte de uma maçã descascada que entra em contato com o ar). Então o cravo é basicamente isso: óleo mais células de pele morta, sendo que a parte preta é aquela que entrou em contato com o oxigênio.

O que contribui para formar os cravos?

Tudo o que ajuda a encher os poros é um passo para a formação dos cravos. Exemplos: dormir com maquiagem, não limpar a pele adequadamente, usar produtos oleosos ou que obstruem os poros estão entre os erros mais comuns.

Como acabar com eles então?

Além de evitar os produtos considerados comedogênicos, ou seja, que obstruem os poros e incentivam a formação de cravos existem alguns cuidados que você pode tomar:

1. Evite sabonetes em barra e troque por um sabonete líquido suave solúvel em água.



Os ingredientes que mantém o sabão em forma de barra costumam obstruir os poros, além do que a irritação causada por esse tipo de sabonete faz com que as células da pele sejam retiradas antes do tempo e se acumulem nos poros. A boa notícia é que hoje em dia a maior parte dos sabonetes líquidos a venda são suaves e não causam esse tipo de irritação. Algumas boas opções são:


  • Effaclar Gel 60ml - La Roche-Posay – Limpeza diária da pele oleosa e com tendência à acne. 
  • Normaderm Gel de Limpeza Profunda 200ml - Vichy – Superfície irregular e poros obstruídos.  
  • Sabonete Líquido Acne Wash Oil-Free Anti-Acne 200ml - Neutrogena
  • Epidac Sabonete Líquido 60g - Mantecorp
  • Cetaphil® Sabonete Líquido 60g - Galderma
  • Sabonete Líquido Facial Regular – Clean e Clear http
  • EFFACTIVE® THERMAL SOAP 200ml – Ada Tina


2. Use esfoliantes.


Eles ajudam tanto a remover o excesso de células que fica na superfície da pele (assim elas não ajudam a tapar os poros) como também esfoliam dentro do poro (melhorando o fluxo de óleo através dele). Tenham em mente que o poro em si é alinhado com a pele, portanto as células mortas podem enchê-lo criando um formato mais estreito que impede o fluxo natural do óleo para a superfície. Mas é importante não exagerar nesse passo. O exagero (remover uma quantidade excessiva de células) pode machucar a pele. A esfoliação é importante para eliminar os cravos tanto em pele seca quanto oleosa (sim quem tem pele seca também pode ter cravos…). Quem tiver a pele mais seca pode preferir um esfoliante com uma base mais hidratante, enquanto as que têm pele oleosa devem dar preferência por produtos mais adstringentes. As sortudas com pele normal podem escolher aquele que preferirem.

Procure optar por um produto que contenha em sua composição entre 1 e 2% de ácido salicílico. Esse ingrediente tem a capacidade de penetrar nos poros e esfoliar por dentro, dissolvendo debris de células e ajudando a restaurar o fluxo normal de óleo para a superfície. O ácido salicílico também tem propriedades anti-inflamatórias ajudando assim a reduzir a vermelhidão e antibactericidas o que impede a transformação dos cravos nas temidas espinhas.

Se a sua pele for muito sensível ao ácido salicílico ou se você tem alergia ao produto pode trocar por um a base de ácido glicólico, mas a penetração dele é menos eficiente (ui!). Ah sim, os produtos a base de peróxido de benzolia ou agentes antibióticos tópicos utilizados nos medicamentos anti-acne não ajudam a acabar com os cravos porque a formação destes não tem relação com bactérias da pele.

Um outro tratamento a ser considerado para os casos de cravos são os peelings.

Algumas boas opções de esfoliantes

Para quem tem pele mais seca

  • Nivea Visage Gel Esfoliante, 72g – Nivea
  • Esfoliante Facial Semente de Framboesa -50g - Sete Cosmetics

Para quem tem pele mais oleosa

  • Normaderm Gel Scrub 125ml - Vichy
  • Esfoliante Rapid Clear 100g - Neutrogena
  • Epidac Gel Esfoliante 30g – Mantecorp
  • Esfoliante Anti-Cravos – Clean e Clear


3. Absorva o excesso de oleo. Esse passo, obviamente, é indicado apenas para quem tem a pele oleosa.


Você pode usar máscaras faciais para a redução da oleosidade (escolha entre as que não contém ingredients irritantes como menta, hortelã, canfora ou outro ingrediente que é colocado apenas para dar uma sensação refrescante mas que acaba danificando a pele). Papéis e lencinhos que absorvam a oleosidade também funcionam bem.

  • Deep Action Folhas Anti-Brilho, 50 folhas - Clean e Clear
  • Purederm Oil Blotting Facial Tissue, 60 leços de papel
  • Máscara em Gel Anti-Cravos Rapid Clear 50g - Neutrogena


E a respeito dos medicamentos que podem ser prescritos para acabar com os cravos?

Ácido retinóico como a tretinoina pode ter um papel importante no combate aos cravos. O medicamento é um derivado da vitamina A que ajuda a pele a funcionar normalmente e melhora o formato do poro, facilitando o fluxo de óleo. Os retinóides mais estudados são a tretinoina (encontrado em medicamentos como Retin-A e Vitanol-A), adapaleno (princípio ativo do Differin) e o tazaroteno (principio ativo do Tazorac que não é vendido no Brasil). Vários estudos comprovam o benefício tanto da tretinoína quando do adapaleno no combate aos pontos pretos e na melhora da função dos poros, portanto esses produtos devem ser seriamente considarados no tratamento do problema. Como são medicamentos, eles precisam ser prescritos por um médico (mesmo sabendo que não existe no Brasil uma dificuldade em comprar esses produtos sem receita é importante que a pessoa passe por uma uma avaliação médica antes primeiro para definir qual a concentração mais indicada e segundo para ver se não há contra-indicações para o seu uso. A tretinoina, por exemplo, estimula o aparecimento de vasinhos vermelhos na pele (chamados de talangectasias). Para quem já tem tendência talvez não seja interessante usar o produto e trocar os cravos pelos vasos.

E os medicamentos que podem ser tomados via oral?



As pessoas que tem a pele extremamente oleosa podem precisar de remédios que bloqueiem a produção de hormônios. Uma opção são as pílulas anticoncepcionais de baixa dosagem que reduzem a quantidade de andrógenos – os hormônios masculinos que levam a produção excessiva de óleo. Lembrando que esse tratamento que só vale a pena para mulheres.

Se tudo o que foi dito falhar ainda há o opção da Isotretinoína (princípio ativo do Roacutan). Apesar de vários médicos serem contrários a prescrição desse remédio “apenas” devido a cravos e oleosidade na pele, para as pessoas que tem esse problema persistentemente esse “apenas”  pode ser algo importante, portanto esse tipo de medicamento pode sim ser usado como último recurso. Converse com seu médico se esse for o seu caso.

Posso tirar os cravos sozinha?


Tava demorando para chegar essa pergunta né!
Pelo menos há uma boa notícia: extrair os cravos de maneira apropriada pode ajudar a pele, já que remover o excesso dentro do poro pode reduzir a pressão e impedir danos maiores (como causar espinhas). Por outro lado se fizer errado você pode prejudicar bastante. A suavidade é a palavra chave aqui (se você espremer demais, beliscar, arranhar a pele com a unha ou pressionar muito forte você estará fazendo mais mal do que bem para a sua pele).

O primeiro passo é lavar bem as mãos e a pele com um sabonete líquido como um dos que eu sugeri acima.

Feito isso, uma forma de ajudar a não pressionar demais é fazer antes de começar a extração uma compressa de água morna para amolecer os poros e facilitar a remoção (não exagere na temperatura já que a água quente pode causar vasos vermelhos, ressecar demais e irritar a pele) 10 a 15 minutos são suficientes.

Depois seque a pele com um papel macio limpo. Em seguida pegue dois lenços de papel e enrole nos dedos que serão usados na extração, assim você evita de arranhar a pele com a unha e de levar sujeira para dentro (aquelas luvas de procedimento médico também podem ser uma alternativa aqui).

Aperte com cada dedo de um lado do ponto preto de maneira suave, sem forçar muito. Faça isso duas vezes no máximo. Não se preocupe se não saiu tudo, o importante aqui é tirar o excesso sem machucar a pele (lembra que o cravo não é um bichinho que se ficar um pedacinho lá dentro complica..rsrsrs).

Terminada a extração lave novamente a pele com uma água mais fria para ajudar a contrair os poros.

Missão cumprida!

Beijos mil ....
Dra. Josie Rumualdo